Prefeito de Ministro Andreazza apresenta sugestões para a educação ambiental do município

Arnaldo Strellow manifestou ideias durante apresentação do Plano de Gerenciamento dos Resíduos sólidos
Publicado em: 04 de Outubro de 2017

Prefeito de...

O prefeito de Ministro Andreazza, Arnaldo Strellow preocupado com descarte correto dos resíduos sólidos que o município produz participou na manhã desta terça-feira, 03 setembro no auditório da câmara municipal de uma palestra que abordou sobre o Plano de Gerenciamento dos Resíduos sólidos.
 

A palestra foi organizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Semagri), estavam presentes além do prefeito Arnaldo Strellow os Vereadores Ademir Pereira, Eliseu Brites, Jânio Jaqueira, o secretário de Agricultura José Alves (Miller) e seus técnicos, Carlos e Ilda.
 

A palestra foi ministrada pelo geógrafo, Adriano Ferreira Guimarães, do Grupo Engetec, que apresentou os dados do IBGE(2010), sobre o número de habitantes, estabelecimentos e outros dados para compreensão do cenário social, econômico e cultural do município de Ministro Andreazza/RO, falou também da coleta para triagem e transbordo dos resíduos sólidos e dos diagnósticos, fez orientações e falou da importância dos folders informativos sobre a coleta dos resíduos em dias diferentes para melhorar a triagem, enfatiza sobre os resíduos agrícolas, coleta de frascos e embalagens de venenos, e sua coleta, que são muito importante, e ecologicamente corretos.
 

O Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Alves Pereira, (Miller) mencionou que a Idaron, recolhe estes frascos, citou também sobre a necessidade de coletar resíduos de cemitérios e destaca sobre a Política Reversa, recolhendo pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes, celulares e outros produtos eletrônicos, mencionou também, as metas de curto prazo (2017-2020), sendo uma delas a ampliação do sistema de coleta de lixo seletiva para 100%, destaca sobre a estrutura e implementação da política reversa, o secretario cita também sobre a implantação logística de coleta seletiva de resíduos domiciliares perigosos, e por fim demonstra as metas de longo prazo (2028-2038), e cita a busca de alternativas, com informações sobre a Educação Ambiental como, por exemplo, a divulgação da coleta seletiva e à destinação final em aterros.
 

O Prefeito manifestou ideias voltadas para a educação ambiental ao  anunciarem nas escolas e associações que falam do incentivo aos cidadãos que plantarem árvores, e sobre a coleta seletiva dos resíduos sólidos, voltado para o bem da população, e investir em fiscalização em geral para que tenhamos um meio ambiente limpo pra as futuras gerações, destaca o prefeito. (Valdeir Souza-Assessoria de Imprensa).

 

 


Fonte: Assessoria
midia