Polícia civil esclarece homicídio do biólogo de Espigão

Mandante e executor estão presos
Publicado em: 04 de Agosto de 2017

Polícia civil...

Eduardo Bezerra da Cruz, secretário de saúde de Espigão do Oeste, e tenente da reserva remunerada da PM de Rondônia, popularmente conhecido como “Sargento Eduardo”, está preso.

Ele é apontado como o mandante do crime de homicídio, praticado contra o biólogo Ismael Graunke, 31 anos.

Sidney Batista dos Santos, o executor também está preso.

O biólogo, foi executado com três tiros de revólver calibre .38.

Os projéteis atingiram o ouvido, as costas e o queixo da vítima.

O assassinato ocorreu na última quarta-feira 2, na zona rural de Espigão do Oeste.

No mesmo dia do crime, Eduardo procurou o quartel da PM de Espigão, junto com seu advogado e se apresentou prontamente.

O teor do depoimento não foi divulgado até o momento.

Ontem 3, a noite a polícia civil de Cacoal, prendeu Sidney Batista.

Sidney confessou o crime, e revelou que Eduardo era o mandante.

Eduardo estaria sendo chantageado pelo biólogo, com quem manteve um relacionamento homoafetivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Fonte: Claudinei Sorce DRT/RO 1615
midia