PM abraça causa solidária e ajuda na entrega de 300 cestas básicas em Cacoal

Polícia Militar tem desempenhado várias atividades sociais
Publicado em: 17 de Julho de 2017

PM abraça causa...

Na manhã desta quinta-feira (13), o 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM) de Cacoal deu uma pequena amostra que a PM de Rondônia está sempre engajada em causas sociais. Além de desenvolver diversos projetos em Cacoal, como “Música na Comunidade” e “Intervenção Assistida por Animais”, com o uso dos cães do canil da Polícia Militar, o 4ºBPM assumiu a frente para que a Legião da Boa Vontade (LBV) pudesse fazer o bem também em Cacoal.

Para os que não conhecem, a LBV é uma associação civil de direito privado, beneficente, filantrópica, educacional, cultural, filosófica, ecumênica, altruística e sem fins econômicos, reconhecida no Brasil e no exterior por seu trabalho nas áreas da educação e da assistência social, atuando em prol de famílias de baixa renda.

Há alguns anos, a Legião da Boa Vontade passou a contribuir também com os rondonienses, ganhando o apoio do Comando Geral da Polícia Militar de Rondônia. Este é o primeiro ano que as ações da LBV se estendem ao interior do estado, também com o apoio da Polícia Militar.

“Este ano nós estamos contribuindo, além de Porto Velho, com os municípios de Ouro Preto e Cacoal. Ao todo entregaremos 700 cestas em Rondônia. E isso só é possível devido ao apoio que temos recebido. Nos três municípios, a Polícia Militar tem contribuído na organização da entrega das cestas e na seleção das famílias que recebem a doação”, destacou Paulo Araújo, assessor de comunicação da LBV.

As 300 famílias selecionadas pelo 4º Batalhão da Polícia Militar receberam as cestas básicas na manhã desta quinta-feira, na escola estadual Carlos Gomes, que também se dispôs a contribuir com esta ação solidária. Policiais do 4ºBPM ajudaram no cadastro e entrega das cestas.

“A PM ficou encarregada de selecionar famílias de baixa renda para receberem as cestas básicas. Nisso, a maioria das famílias foram selecionadas a partir dos nossos alunos, que participam de projetos sociais desenvolvidos pelo 4ºBPM. As vezes sofremos quando recebemos as crianças que narram estarem passando fome, que não tomaram café, não almoçaram. Então nós sabemos da importância de contribuir com famílias em situação de vulnerabilidade social e nos esforçamos para isso”, ressaltou o tenente Cabral.


Fonte: Giliane Perin