Em protesto por causa da poeira agricultores interromperam o trafego de caminhões

O transito só foi liberado após um novo acordo
Publicado em: 14 de Julho de 2017

Em protesto por...

Inconformados com a poeira constante invadindo suas casas na linha 4, no setor prosperidade em Cacoal.

O agricultores da estrada que dá acesso ao aterro sanitário, usaram uma máquina agrícola com um arado, para impedir a passagem dos caminhões da coleta de lixo.

Uma fila de caminhões coletores foi formada e a PM teve que ser acionada para liberar o trafego.

Segundo Izailton Alves Teixeira, 39 anos, que se apresentou como líder dos demais agricultores, havia um acordo verbal firmado entre a prefeitura e os moradores daquela localidade, onde a via usada para o transporte do lixo seria irrigada para evitar a poeira, já que o transito de caminhões é intenso naquele local.

A poeira provoca danos à saúde como problemas respiratórios, e prejudica o cultivo de algumas plantações agrícolas.

Como o acordo não estava sendo cumprido, eles decidiram ontem (13) a noite interditar a estrada.

Como a pessoa que havia firmado o acordo verbal, não estava presente, um dos responsáveis pelos caminhões, Menzaqui Fernandes da Silva, se comprometeu a irrigar a estrada, até que o responsável pelo acordo resolva o problema.

Os moradores liberaram o trafego, e alertam que caso o compromisso não seja cumprido, a via será novamente interditada.

 


Fonte: Claudinei Sorce DRT/RO 1615