Airton Gurgacz destaca retorno de voos a jato no Aeroporto de Ji-Paraná

Parlamentar também falou da visita da Comissão de Transportes e Obras no Anel Viário da cidade
Publicado em: 04 de Outubro de 2017

Airton Gurgacz...

O deputado Airton Gurgacz (PDT), na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (3) destacou que, no domingo (1º) a Azul Linhas Aéreas voltou a operar com aviões a jato no Aeroporto de Ji-Paraná.

Segundo o parlamentar, após uma luta de três anos, período em que foi realizado o recapeamento da pista de voo, aparelho de Raios X entre outras providências, a empresa cumpriu com o combinado.

O deputado agradeceu o empenho de todos os envolvidos que se mobilizaram para o retorno das operações da empresa e a sociedade ji-paranaense.


Airton Gurgacz citou que nesta terça-feira (3) esteve no DER conversando sobre a cerca do Aeroporto de Ji-Paraná que, segundo ele, precisa ser ampliada em mais 50 metros. O deputado ressaltou que a nova cerca com alambrado deve ser providenciada o quanto antes, para garantir segurança aos pousos e decolagens.

“Esperamos que até as novas instalações a ANAC não venha punir nossa população com o cancelamento de mais um voo pela falta da cerca com a distância exigida pela agência”, observou Gurgacz.

Comissão de Transportes e Obras

O deputado informou que recebeu em Ji-Paraná, o presidente da Comissão de Transporte e Obras da Assembleia Legislativa, deputado Só na Bença (PMDB) que foi recepcionado pelo colega no Anel Viário da cidade.

“A obra está praticamente pronta, faltando apenas duas rotatórias nos 13 quilômetros e 400 metros que compreende o Anel Viário. Também membro da Comissão de Fiscalização, o deputado Só na Bença pode verificar a obra de perto, acompanhado de toda imprensa local e da diretoria do DER”, destacou Airton Gurgacz.

O Anel Viário, segundo o deputado, diminuirá o alto fluxo de carretas que trafegam por dentro da cidade, melhorando assim, as condições de trânsito do município.

Os parlamentares e a equipe do DER também estiveram na construção da ponte sobre o Rio Urupá, uma obra do governo do Estado de R$ 6 milhões. Segundo Gurgacz, trata-se de uma ponte nova e não de uma obra de recuperação.

Abandonada há três meses, a obra do complexo Beira Rio Cultural também recebeu a visita dos deputados e do diretor do DER, Ezequiel Neiva. “Na oportunidade, pudemos mostrar ao Ezequiel como o abandono dessa obra está enfeiando nossa cidade e ele nos garantiu que mandará licitar a empresa que retomará a construção”, explicou Airton Gurgacz.

 


Fonte: Juliana Martins/Decom/ALE
midia