Boca Maldita
Boca Maldita

Coluna

Boca Maldita - 14 de julho de 2017

14 de julho de 2017
Publicado em: 14 de Julho de 2017

MORO CONDENA LULA. Na última quarta-feira, o juiz Sérgio Moro, que responde pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância, divulgou a sentença dada por ele ao ex-presidente Lula, com relação ao chamado “Caso do Triplex”. Embora nenhuma prova tenha sido apresentada pelo Ministério Público ou pela PF, como argumenta a defesa de Lula, o magistrado o condenou a 9 anos e 6 meses de cadeia. Na mesma sentença, o juiz argumentou que a lei é a mesma para todos, mas decidiu não determinar a prisão de Lula, fato que evidencia uma contradição. Como a decisão ainda é de juiz singular, o ex-presidente não está impedido de disputar as eleições do próximo ano, pois a lei determina que o impedimento se dá com decisões de colegiados. A partir de agora, a defesa vai apresentar os recursos que julgar adequados e o Tribunal Regional Federal vai decidir se mantém ou não a condenação. 
 
TEMER É DENUNCIADO. No começo desta semana, o deputado Sérgio Zveiter, relator da denúncia contra o presidente Michel Temer, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, apresentou a leitura do relatório e o voto sobre os fatos. O relator, que pertence ao mesmo partido de Temer (PMDB), votou pela admissibilidade da denúncia, ou seja, para a Casa autorizar que o presidente seja processado. Deputados aliados do presidente fizeram longos discursos tentando desqualificar o relator, mas nenhum deles explicou os fatos. A forma como agem os defensores do presidente deixa passar a impressão de que Michel Temer é a pessoa mais inocente do mundo e Rocha Loures, o amigo que recebeu a mala com o dinheiro, é o único bandido da história. O governo tem feito muitas manobras para ter o controle dos deputados, mas a situação de Temer é realmente grave. Caso ele consiga arquivar essa denúncia, o Procurador Geral da República, Rodrigo Jantot, já se prepara para encaminhar mais um ou duas. Tentar desqualificar o procurador ou o relator da denúncia não parece ser o melhor caminho, mas foi a tese adotada pela defesa de Michel Temer.
 
BALCÃO DE NEGÓCIOS. O presidente Michel Temer assumiu pessoalmente as negociações para tentar impedir que a Comissão de Constituição e Justiça aceite a denúncia contra ele. Entre as medidas adotadas, o governo pressiona os partidos aliados para fazer a troca dos membros da comissão que não votam a favor de Temer. Cerca de uma dúzia de deputados foram trocados. Essa situação pode criar um clima muito negativo para o presidente, porque os deputados que foram trocados estão revoltados e recebem a solidariedade de outros. O governo cogita tirar da comissão inclusive o deputado Sérgio Zveiter, que é relator do caso. Vale lembrar que independentemente de qualquer resultado na comissão, o relatório precisa ser votado em plenário onde todos os deputados retirados da comissão terão direito a voz e voto. Pelo que foi divulgado na imprensa nacional, os valores de liberação de recursos de emendas nos últimos dias ultrapassam todos os valores vistos até hoje. Diversos deputados da oposição e até mesmo do governo fizeram duras críticas contra o presidente pela compra de votos, mas o fato continua acontecendo. Há quem diga que os poderes são independentes, mas as interferências do Executivo na Câmara são muito claras.
 
TRAFEGABILIDADE EM CACOAL. Esta semana, o Departamento de Estradas e Rodagens do governo de Rondônia começou os trabalhos de recuperação da rua Rui Barbosa, que era um pedido antigo da população de Cacoal. A rua dá acesso a bairros importantes da cidade e ao Shopping Cacoal, que será inaugurado nos próximos dias. A recuperação da citada rua era um compromisso do governador Confúcio Moura com a prefeita Glaucione Rodrigues, e os trabalhos estão sendo feitos com a parceria da administração municipal. Vale registrar que além deste trabalho, o governo estadual tem atuado com muita determinação em Cacoal e já realizou outros serviços na cidade. A rua Malaquita, que dá acesso ao Hospital Regional de Cacoal, também está sendo recuperada, para permitir que as ambulâncias que trafegam diariamente naquela via possam ter melhores condições de deslocamento. Quer seja Prefeitura, quer seja Governo fazendo, o povo deve ter paciência até que chegue na sua rua uma vez que todas as ruas e avenidas carecem de reparos, uma menos, outras mais. 
 
FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL. Uma leitora de BM enviou email no começo desta semana, questionando um fato curioso. Ela afirmou que o Secretário do Meio Ambiente de Cacoal tem mania de participar de cerimônias e ações que nada têm a ver com sua pasta. Sempre que as máquinas da secretarias de obras estão em algum ponto da cidade fazendo serviços de tapar buracos, ele está; quando tem a entrega de um veiculo para as secretaria de agricultura ou de obras, ele está; quando as máquinas são levadas para as linhas para fazer algum serviço, ele está. Em todas essas ocasiões, o secretário costuma posar para fotos com outras pessoas, como se ele tivesse participação nas ações realizadas. Enquanto isso, a Secretaria de Meio Ambiente precisa resolver diversos problemas que dependem da presença do titular da pasta. O secretário do meio ambiente precisa decidir se ele é do meio ambiente ou se ele é fiscal das obras da prefeitura.
 
TRANSPORTE ESCOLAR. No final da semana passada, os vereadores Nilton Cesar, Pedro Rabelo, Claudinei Ribeiro e Mário Moreira endureceram a fiscalização nos ônibus utilizados por algumas empresas no transporte escolar. Ao visitarem uma das linhas do município, os vereadores abordaram vários ônibus que atuam no setor e constataram diversas irregularidades. Em um dos veículos havia galões com combustíveis, o que pode causar acidentes de proporções muito graves. Em outros, os vereadores observaram a falta de documentos obrigatórios e outras situações. Os ônibus foram impedidos de transportar os alunos na ocasião e precisam ser regularizados para voltar a operar. No início do ano letivo os vereadores prometeram fiscalizar os veículos e a população cobra resultados. Uma das empresas é do município de Rolim de Moura a outra de Cacoal. Um dos vereadores teria ficado muito irritado com a fiscalização, mas ele não explicou os motivos da revolta. A fiscalização é uma das atribuições dos vereadores.
 
RISCO DE ACIDENTES. A Secretaria de Trânsito de Cacoal precisa fazer uma campanha para orientar os condutores de veículos que trafegam nas ruas e avenidas da cidade. Há muitos motoristas que não param nas faixas de pedestre, mesmo quando as pessoas levantam a mão e pedem passagem. Claro que não são todos que fazem isso, mas é necessário que haja uma campanha de conscientização, para evitar que acidentes aconteçam. Entre os pontos mais desrespeitados pelos condutores está a faixa de pedestre colocada na avenida Cuiabá, em frente ao cinema. Ali as pessoas sofrem muita dificuldade para atravessar a rua, porque raramente os condutores param, como deveria ser. Caso nenhuma medida seja tomada, infelizmente acidentes graves podem acontecer no local. Um fato curioso é que as placas dos veículos que não param nas faixas de pedestre são de Cacoal, o que significa que o condutor possivelmente conhece a cidade e sabe os lugares em que precisa dirigir com mais atenção. A SEMTTRAN deveria observar melhor essa situação, pois acontece em diversos pontos da cidade. E tem condutores de veículos que não obedecem semáforos e tem motoqueiros com suas maquinas com escapamento abertos proporcionando barulho ensurdecedor a qualquer hora, mesmo em frente a hospitais. 
 
SHOPPING CACOAL. Está marcada para o próximo dia 28 a inauguração do Shopping Cacoal. O empreendimento vai contar com mais de 60 lojas, 03 salas de cinema e playcenter, além da praça de alimentação e outras novidades. Além de ser uma referência turística na região central do estado, o shopping certamente vai gerar dezenas de empregos diretos e indiretos, estimulando a economia de Cacoal e do estado de Rondônia. A população da região terá mais uma opção de entretenimento e lazer e poderá praticar diversas atividades no local, além de fazer compras e passear com a família. Vale destacar que além do Shopping Cacoal, outros empreendimentos estão em andamento no município e poderão em pouco tempo representar novas opções de comércio, entretenimento e lazer. Como Cacoal possui milhares de estudantes universitários, certamente o shopping será mais um ponto de encontro deste segmento da sociedade, visto que muitos deles vivem em municípios da região e frequentam faculdades em Cacoal. 
 
FOOD TRUCK. Esta semana Cacoal recebeu uma novidade: chegou ao município o FoodTruck, um sistema de comercialização de alimentos como lanches e outros, dentro de carros e que tem sido muito elogiado em diversos municípios. Desde ontem, e até domingo, a população de Cacoal poderá conhecer as novidades, até mesmo como forma de entretenimento, já que é uma coisa diferente. Houve uma certa polêmica sobre a chegada do FoodTruck ao município, porque ainda não há uma legislação atualizada sobre a situação e as dúvidas são naturais, especialmente no sentido de estabelecer uma relação harmônica entre os empresários locais e os donos de carros do FoodTruck. As discussões envolvem impostos, local de atuação e outras situações. Vamos esperar que tudo corra bem e todas as pessoas saiam ganhando, porque no mundo atual é muito importante o diálogo.
 
REGISTROS DE SOLIDARIEDADE. Esta semana a imprensa de Cacoal está enlutada. Faleceu o cinegrafista Rogério Bonifácio, que trabalhava na TV Alamanda. Ele era um profissional competente e que tinha excelente relacionamento com todos os colegas de trabalho da imprensa cacoalense, além de possuir inúmeras amizades fora do ambiente de trabalho. Rogério era conhecido por ser uma pessoa meiga e muito serena. Nós, da familia Tribuna Popular, lamentamos profundamente o ocorrido e desejamos que o Criador possa dar aos familiares e amigos o conforto necessário para suportar este momento de dor e muita tristeza. Que ele descanse em paz!!!
 
A Marlene Ceconi, que atualmente ocupa o cargo de Coordenadora Regional de Educação em Cacoal, mas que desde 1988 atua na educação estadual, casada com o comerciante Sérgio Macedo, mãe do veterinário Marcel Ceconi e da acadêmica de medicina Stefany Ceconi, vó da Ana Carolina, TAMBÉM LÊ TRIBUNA POPULAR
 


Fonte: Redação

Mais de Boca Maldita